tribal

A UMA VOZ

A uma voz
Vou-­te dizer quem sou!
Lisboa, cais de Sisal e partida
para a miscigenação da música que hoje faço.

A uma voz
A espontaneidade vivida a cada take
pelo que apelido de minha Família musical!

A importância da respiração entre
a base da Guitarra Acústica, para a forma de triangulação entre,
Acordeão, Guitarra Portuguesa e a Voz!

A uma voz
Drenar a cada gota
Um instante de felicidade!
Onde ter não é a validação do Ser!

A uma voz
A tua impressão digital vai filosofar a cada nota da minha música!
Não pode ser tarde para entendermos
que a nossa sobrevivência depende de nós,
todos enquanto um!

É urgente viver
A uma voz!